Brasil sustentável: um sonho para o “celeiro do mundo”

Texto: Patwant Kaur

Foto: Camila Muradas

Que o Brasil é um país rico em belezas naturais e culturais, isso todo mundo já sabe. Mas qual é o programa voltado para o  futuro da sustentabilidade e preservação dessas riquezas? O assunto é de extrema relevância e urgência e necessita de uma política mais célere e atuante. As perspectivas brasileiras ainda são tímidas, levando em consideração a diversidade do País, espalhada em seus rios, mares e na Amazônia. O potencial produtivo e  energético do Brasil é imenso e merece ser levado à sėrio por suas potencialidades.

Em algumas nações, esse tema é tratado com muita importância e com alta prioridade. Muitas empresas brasileiras já estão investindo em inovações tecnológicas e sustentáveis, mas elas, no entanto, ainda não são suficientes para alcançar um patamar significativo dentro de um cenário global.

Os avanços no setor necessitam de planejamento e mais participação de todas as esferas da população. A introdução de novos conceitos de respeito ao meio ambiente deve ser implementada com o objetivo ampliar o nível de consciência do povo. Novos princípios educacionais, mais informação, e sobretudo, a diminuição de interesses corporativos e pessoais em benefício da coletividade

A compensação de carbono por meio do plantio de árvores, a transformação do lixo em energia, o reaproveitamento e filtragem de água, utilização de madeira plástica e outros materiais alternativos, a diminuição do uso de papel, fabricação de carros com energia renovável e não poluente. Estas, são sem dúvida, metas desejáveis e necessárias para o Brasil dos próximos anos.

Como cada cidadão pode fazer da sua parte para atuar de forma ativa para a transformação desse cenário? Talvez buscando a própria mudança de hábitos, incluindo ações mais conscientes em sua rotina. Todo ser humano influência de forma direta e indireta outras pessoas, animais e o meio ambiente. Tudo está interligado. A conexão com o todo, naturalmente traz responsabilidade sobre a utilização dos recursos e o seu melhor aproveitamento.

Etimologicamente, a palavra sustentável tem origem no latim “sustentare“, que significa sustentarapoiar conservar. Algumas sugestões simples podem fazer a diferença na busca dessa mudança:

Compre só o que for necessário. O consumo gera uso de matéria prima que posteriormente se transforma em lixo; diminua o tempo no banho e o gasto desnecessário da água; reduza a ingestão de carne bovina, pois a criação desse rebanho, necessita de grandes pastagens; separe o lixo orgânico do reciclado; sempre que possível, deixe o carro em casa e procure ir a pé; plante árvores.

Essas dicas podem parecer utópicas aos olhos de muitos, mas quando colocadas em prática, podem beneficiar a coletividade e ainda deixar um legado positivo para as gerações futuras. A sustentabilidade permite que o ser humano tenha uma troca com o mundo sem comprometer os recursos naturais e o seu próprio futuro.

O tema é abrangente, pois envolve questões sociais, energéticas, econômicas e ambientais. Ele exige sobretudo um olhar cuidadoso e de amor com o Planeta e o despertar de uma nova consciência coletiva.

 

Hits: 372

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: